quinta-feira, 28 de julho de 2011

COMO SE FOSSE ÁGUA

   NALDOVELHO

   E Ele brotou como se fosse água,
   inundou caminhos pelo mundo afora,
   resgatou o passado, histórias, memórias,
   enxugou as lágrimas de um povo sofrido,
   e deu significado ao verbo que nos alimenta agora,
   abriu porteiras que nos impediam o acesso
   e fez com que pudéssemos seguir viagem,
   pois muito ainda haveríamos de colher no porvir.

   E Ele disse que éramos irmãos,
   assim como aqueles que ainda estavam perdidos;
   e curou as feridas que nos incomodavam,
   aparou arestas, redimiu pecados,
   ensinou o cultivo da uva e do trigo,
   e fez com que o inimigo se sentasse ao nosso lado,
   e em Sua mesa serviu-nos o vinho da compreensão
   para embriagados de amor nos dar o Seu perdão.

12 comentários:

  1. Que bom deve ser ter-se a força da fé do nosso lado. Poder crer sem "mas" nem "porquês"!

    ResponderExcluir
  2. Uma poesia-louvação!
    Sejam louvados poetas, como você, que enobrecem a criação.

    ResponderExcluir
  3. .

    Ele, nos redimiu e, também, ensinou os caminhos para a Verdade, a Paz, a Luz, o Amor... e a Palavra, tudo que precisamos para cultivar a poesia e e construir poemas... Belo poema, Naldo!

    ResponderExcluir
  4. COMO SE FOSSE ÁGUA
    ****
    Ele fez a vida // Ele caminhou entre seu povo levando [amor]
    Mostrou o caminho e a verdade
    Amou seus filhos e compartilhou o ser /irmão/
    Morreu por nós...E vive por nós
    Como se fosse *ÁGua*

    ResponderExcluir
  5. AS IF IT WAS WATER

    NALDOVELHO


    And He welled up as if it were water,
    flooded roads around the world,
    rescued the past, stories, memories,
    wiped the tears of a people suffered,
    and gave meaning to the verb that feeds now
    opened gates that prevented us from accessing
    and made sure we could travel,
    because much of the future would still reap.


    And He said that we were brothers,
    as well as those who were lost;
    and healed the wounds that we us,
    life edges, remitted the sins,
    taught the cultivation of grapes and wheat,
    and caused the enemy to sit down with us,
    and on his desk he served us the wine of understanding
    for love drunk give us his forgiveness.

    Translation into English by Marlene Nass.

    ResponderExcluir
  6. COMME SI C'ÉTAIT DE L'EAU

    NALDOVELHO


    Et il a jailli comme s'il s'agissait d'eau,
    routes inondées dans le monde entier,
    a sauvé le passé, des histoires, des souvenirs,
    essuyer les larmes d'un peuple qui a souffert,
    et a donné le sens du verbe qui alimente maintenant
    ouvre les portes qui nous ont empêché d'accéder à
    et fait en sorte que nous pourrions voyager,
    parce qu'une grande partie de l'avenir en tireraient toujours.


    Et il a dit que nous étions des frères,
    ainsi que ceux qui ont été perdus ;
    et guérir les blessures que nous nous
    bords de la vie, a remis les péchés,
    enseigné la culture du blé et les raisins
    et causé l'ennemi de s'asseoir avec nous,
    et sur son bureau il nous sert le vin de compréhension
    pour ivre d'amour nous donner son pardon.

    Traduit en Français pour Marlene Nass.

    ResponderExcluir
  7. Belíssimos versos para Aquele que derramou cascatas de amor sobre a humanidade, porém nem todos conseguiram e/ou conseguem banhar-se em suas águas. Abreijos, guida

    ResponderExcluir
  8. Verdade, amigo Naldo Velho! "Ele brotou como se fosse água" e nos ensinou os caminhos do amor, da fé, do perdão, mas, ainda relutamos em assimilar esse belo ensinamento, infelizmente! Forte abraço, poeta.

    ResponderExcluir
  9. Encantada Naldo Velho. Bom demais te ler " serviu-nos o vinho da compreensão
    para embriagados de amor nos dar seu perdão

    ResponderExcluir
  10. ESTA POESIA FALA DE JESUS, NOSO SENHOR E SALVADOR DA HUMANIDADE POR AMOR.....<3

    MAGAL ROCHA!!!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia poetamigo...o Mestre dos Mestres um grande legado nos deixou, o legado de amor e de esperança.....teus versos são divinos.....abreijos no coração

    ResponderExcluir