domingo, 11 de maio de 2014

POEMA ENCRAVADO - POEMAS DE LUZ E SOMBRAS

    NALDOVELHO

    Pegue um monte de palavras,
    dessas usualmente usadas
    em poemas que falem
    de saudade e nostalgia.
    Triture-as lenta e cuidadosamente,
    até reduzi-las a pó.
    Despeje numa panela de barro
    com águas colhidas das chuvas
    em noites de dor e abandono,
    e deixe em fogo brando
    até atingir o ponto da loucura.
    Misture então gotas de orvalho, muitas!
    lágrimas colhidas em noites de solidão,
    uma colher de sopa de açúcar mascavo,
    e algumas gotas de limão.
    Apague o fogo e abafe por umas duas horas.
    Depois, beba a vontade,
    garanto que vira poeta,
    e aprende sobre o significado
    de sofrer por conta de uma paixão.
    Mas se ainda assim
    a dor continuar encravada,
    e o poema que vier
    não der conta do estrago,
    repita a receita três vezes,
    mas acrescente absinto a vontade,
    tudo isso ao som de um blues,
    visceralmente ardido!
    E então, acenda uma vela para Santa Cecília,
    ela é a padroeira dos poetas,
    há de lhe aliviar dessa aflição.


7 comentários:

  1. todas as suas poesia são lindas mas essa é maravilhosa

    ResponderExcluir
  2. Que bela receita em Naldo Velho!? Anotei! rsrs...
    Santa Cecília é a padroeira dos músicos também,
    tudo a ver com os poetas, né? Adorei. Obrigada!

    Mari Meyer

    ResponderExcluir
  3. A saudade é canto magoado no coração de quem sente. É como voz do passado, ecoando o presente.
    " Trouxe meu carinho como presente
    e meu desejo de que a sua noite e os seus sonhos
    sejam recheados de amor e PAZ!!
    Bjs desta sua amiga ♡

    ResponderExcluir
  4. A saudade é canto magoado no coração de quem sente. É como voz do passado, ecoando o presente.
    " Trouxe meu carinho como presente
    e meu desejo de que a sua noite e os seus sonhos
    sejam recheados de amor e PAZ!!
    Bjs desta sua amiga ♡
    anazuleika

    ResponderExcluir
  5. Lindo poema, como todos que escreve.

    ResponderExcluir